Imagem capa - Fiquei noiva! Por onde começar? por Fernando Aguiar Fotografia

Fiquei noiva! Por onde começar?

A fase do noivado e preparativos para o grande dia é muito incrível, intensa, delicada e para a maioria das noivas, tudo gira em torno do casamento que está por vir! Sonham com isso (as vezes, têm até pesadelo rs) e esse é o assunto mais legal para se falar! 


Tem que ser um momento de alegria e de gratidão, por mais que seja cheio de desafios, de poucas horas de sono e de alguns estresses, afinal, são muitas expectativas! 


Fiquei noiva! E agora, por onde começar?


Sem dúvida essa é a primeira pergunta de muitas noivas quando pensam em organizar o seu grande dia! Para te ajudar criei um guia contendo 7 primeiros passos e algumas recomendações importantes que deve seguir quando for planejar o seu casamento:



1) Estilo: em primeiro lugar pense como quer que seu casamento seja. Qual o estilo combina mais com vocês? Vai ser mais clássico ou mais descolado? Vai ser pela manhã, tarde ou noite? Vai ser na cidade, no campo ou na praia? Vai rolar uma uma mega festa ou um mini wedding só para família e amigos mais chegados? Saber o estilo do seu casamento é fundamental para dar continuidade e direcionamento para as próximas etapas.



2) Orçamento: o próximo passo importante é definir o quanto você pode investir no seu casamento (Link para download –> A_Previsão Orçamentária_detalhada_v2B). Leve em conta a renda do casal e a possível ajuda de terceiros para estabelecer a quantia que será investida. Lembre-se que isso influenciará todas as outras escolhas.



3) Lista de convidados: monte a lista junto com seu noivo. Inclua todas as pessoas possíveis e depois começe a ordenar por importância e proximidade, para se necessário excluir alguns convidados ao final.

* Recomendações:

– Deixe sempre uma margem para incluir novas pessoas que possam conhecer ao longo deste período da organização – o que vai acontecer! Com certeza essa lista será alterada algumas de vezes, mas um bom primeiro rascunho te ajudará a definir vários outros itens da organização, como por exemplo o local do casamento.

– Os pais dos noivos muitas vezes também querem convidar amigos e conhecidos para o casamento de seus filhos. Por isso é legal deixar uma quantidade determinada de convites separada para eles.



4) A data: defina o mês que quer se casar e deixe a data em aberto – isso te dará mais opções para encontrar disponibilidade no local preferido por vocês para a cerimonia e festa.

* Recomendações:

– Se você escolheu casar ao ar livre evite os meses de dezembro à março pois costuma chover com bastante frequência

– Os meses de abril, maio, setembro, novembro, dezembro costumam ser os mais concorridos e, sendo assim, mais caros e mais difícil de encontrar fornecedores devido a grande demanda.

– A época do ano e variáveis como trânsito e feriado também devem ser consideradas quando escolherem a data e o horário do casamento. Por exemplo, no caso de um destination wedding, feriados são super bem vindos!



5) Assessoria: contrate um profissional que te dê todo o suporte necessário para organização do seu casamento – do planajemanto à execução – e te ajude na escolha e negociação com os fornecedores, otimização de custos e, principalmente, garanta a execução do evento para que seu dia seja realmente mágico. A assessora tem ser uma pessoa que entenda o sonho dos noivos, se identifique com eles e consiga juntar as peças do quebra-cabeça e maestrar com calma, clareza e dinamismo toda a orquestra.



6) Local: com o estilo, orçamento, tamanho e a data definidos, agora é hora de decidir o local da cerimônia e da festa (caso sejam espaços diferentes). Lembre-se de considerar todos os pontos acima para procurar o lugar ideal.



7) Check list: Monte seu check list (Link para download–>Check list COMPLETO_v2) para não esquecer de nenhum detalhe e selecione bons profissionais para garantir a qualidade do seu casamento. Para isso, busque referências em blogs especializados, indicação de amigas e outras noivas. Nunca deixe para organizar e contratar tudo em cima da hora, pois pode correr o risco de não conseguir disponibilidade com o fornecedor desejado ou pagar mais caro por alguns serviços.

* Recomendações:

– Muitos noivos pensam somente na festa e esquecem que o casamento também é composto de efeito civil, lua de mel e sua nova moradia – pense nisso!

– Participem de eventos, feiras, palestras e desfiles voltados para casamentos. Assim, conhecem fornecedores, ficam por dentro das tendências e acabam entrando de cabeça no momento que estão vivendo e curtindo isso ainda mais.

– A organização não pode virar um pesadelo e você se desesperar por isso. Pelo contrário! Esse é mais um momento para curtirem juntos, se emocionarem a cada escolha e aproveitarem todas as etapas. A ansiedade talvez seja inevitável, mas nunca deixe isso fazer de você uma pessoa estressada ou esgotada – deixe se envolver com prazer para fazer com que aquele dia dure um pouco mais que algumas horas.



Fonte: http://lapisdenoiva.com/